sexta-feira, 30 de abril de 2021

AFROCUTZ estreia amanhã!

 

AFROCUTZ é o primeiro magazine televisivo sobre cinema onde as protagonistas são mulheres realizadoras africanas com destaque internacional. Quem embarca connosco nesta aventura?
Sábado pelas 21h00 na RTP África!
# idproducoescriativas813



terça-feira, 27 de abril de 2021

AFROCUTZ - RTP África

 

Estreia sábado pelas 21h00 na RTP África - o primeiro magazine televisivo onde as protagonistas são mulheres realizadoras africanas.

Estreia - AFROCUTZ - sábado 21h00

 


AFROCUTZ - magazine de cinema africano
🎬Vamos falar da presença feminina africana na indústria cinematográfica mundial: estreamos o nosso Afrocutz este sábado (1 maio) pelas 21:00.
No nosso primeiro programa, a realizadora sul-africana Marion Edmunds aborda a história que recria no seu documentário "Troopship Tragedy - the sinking of SS Mendi".
Nesta obra cinematográfica, descobrimos a história de um navio que parte dia 21 de fevereiro de 1917 da África do Sul para a I Grande Guerra, mas afunda-se com 650 pessoas negras a bordo no Canal Inglês.
Todos aqueles homens partem na esperança de um regresso glorioso, mas são engolidos pelo mar enquanto dançam cânticos sul-africanos em despedida.
Estreia: RTP África
Sábado pelas 21:00



domingo, 4 de abril de 2021

News - ID Produções Criativas



Representatividade feminina no cinema africano é o mote do nosso próximo desafio televisivo que põe o holofote em realizadoras africanas . Quem são estas mulheres que olham o mundo pela lente e que histórias nos trazem? O que nos mostram com a sua câmara e que cenários do mundo nos propõem?

Embarquem connosco nesta nova jornada.
Estamos oficialmente em countdown ...3...2...1.

terça-feira, 30 de março de 2021

Até logo

 


Querido Pe. João, 


Há dias em que tenho tantas saudades suas que vou ver vídeos seus.

 Já liguei para o seu atendedor de mensagens mas a sua mensagem não é personalizada e não consegui ouvir  a sua voz. O meu telefone não toca com o seu nome no visor. Ligo para a sua irmã para matar saudades porque ela é tudo o que temos seu.

Por vezes gostava de falar mais sobre si aos outros mas não quero que me achem inconveniente nem lamurienta e escondo a minha dor.

Há um vídeo nosso em particular que vejo repetidamente e penso que estamos tão felizes congelados ali, se tudo ficasse sempre assim. Não ficou.

Que pena que não ficou.


Andorinhas