sábado, 25 de março de 2017

De quando dizemos Nome


*Para S.


O nome que damos às pedras
não é o mesmo nome que damos aos dedos
- quando dizemos

d
e
d
o


nem o nome que damos ao corpo
- quando dizemos
c
o
r
p
o

nem língua
- quando língua é dita
l
í
n
g
u
a




O nome que te dou a ti não é o mesmo que dou às pedras
aos dedos
ao corpo
ou à língua



talvez porque todos os nomes do mundo
 sejam só isso: nomes.



Há uma hora no mundo em que o nome deixa de ser nome
e passa a ser uma parte de um braço
de um corpo
ou de uma pedra no rio

e tudo ocupa o seu lugar
- como se para tudo houvesse um lugar.



O nome é um lugar e quando é parte,
só ele habita o mar.






Sem comentários:

Enviar um comentário