terça-feira, 31 de outubro de 2017

Texto Capazes - Carta Aberta a Costança Urbano de Sousa



LER AQUI



Sem comentários:

Enviar um comentário

Quando os dedos me caem

quando me disseram que ias morrer, o tempo caiu-me aos pés. mas não foi só ele a ceder vida. com ele a boca, os olhos, o queixo, as sobr...