O lugar da árvore

Somos arbustos nus,
nós os dois aqui deitados.

Os dedos a viverem ao contrário dentro da mão
(nós aqui somos arbustos invejados)

Pernas a ganharem força
braços com deformações
(nós a sermos folha, nós a sermos casca onde pequenos bichos constroem o seu lar)


Nós, os bonitos arbustos
v
iemos os dois da vagina da mesma árvore.



Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para o meu querido Tiago

Pequeno-almoço

A parte boa de amar alguém não é só ver-te dormir