quarta-feira, 17 de abril de 2013

Ficaste comigo no meu corpo



*Para P. com todo o meu amor



Ficaste comigo no meu corpo,
debaixo dos meus olhos
na curva do ouvido a nascer para um rosto
 entre a pele do queixo que leva ao colo e ao peito.

Ficaste comigo no meu corpo,
na linha plácida da virilha
entre os dedos da mão e os dedos dos pés,
no desdobramento de um cotovelo perdido que se amarra ao braço.

Ficaste comigo no meu corpo,
entre o Norte e o Sul
na linha do comboio,
- de Este a Oeste -
no lugar onde o pôr do sol acorda a noite
 para o dia em que o mundo pára por um encontro.



Sem comentários:

Enviar um comentário