Dos poemas que são lugares para viver

Comentários

  1. já me parecem angustias mais próprias de grandiloquências metafisicas, se bem há sempre quem teime a vida toda em pesar o ipesável

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para o meu querido Tiago

Pequeno-almoço

A parte boa de amar alguém não é só ver-te dormir