quarta-feira, 4 de julho de 2018

Da ausência






Tenho tantas saudades de ti e do teu corpo que uma parede inteira não bastava para te escrever.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Da boca e do medo

não sei como podemos ser todas as palavras que dizemos, (as palavras que nos saem de entre os dentes) mas sei que se tocar os meus lábio...